Como escolher quem fará o seu site

No Comments

Saber como escolher quem fará o seu site não é uma tarefa fácil! Pense que você precisa de alguém para fazer, mas também precisará alterar, atualizar, realizar manutenções, suporte e não poderá ficar na mão.

Neste caso, é imprescindível que não pense em curto prazo e procure algum profissional ou agência a qual você tenha empatia.

Você não precisa apenas de um fornecedor, mas sim de um parceiro. Lembre-se disso!

Aqui vão algumas dicas para ajudar você a saber como escolher quem fará o seu site.

Como escolher:

1 – PROCURE NO GOOGLE

Faça uma busca no Google para obter relações de empresas ou profissionais. Procure por “criação de sites em SUA CIDADE”,agência digital em SUA CIDADE” ou “empresa de criação sites SUA CIDADE”.

Selecione no máximo 5 empresas que estão bem colocadas no Google, pois se estas empresas estão bem posicionadas é porque certamente sabem fazer sites com boa performance e que se destacam na internet. E é o que você espera que seu site tenha também.

2 – AVALIE O SITE

Comece avaliando o próprio site da empresa. Verifique aspectos de design, conteúdos, rapidez no carregamento de imagens, falhas de links, se abre no celular entre outros.

Por mais que exista aquele ditado “Em casa de ferreiro, o espeto é de pau”, na internet isso pode demonstrar o despreparo da empresa ou a sua falta de visão e posicionamento de mercado.

3 – AVALIE O PORTIFÓLIO

Uma profissional ou empresa consolidada possui um vasto portfólio de trabalhos já desenvolvidos.

Avalie a qualidade do design e trabalhos gráficos já realizados para outros clientes. Quais seus maiores clientes e tipos de serviços prestados.

4 – EQUIPE

Uma empresa que desenvolve sites deve conter em sua equipe, ao menos:

  • Um profissional de atendimento;
  • Um profissional de design (responsável pela criação do layout);
  • Um profissional de programação;
  • Um profissional para conteúdo;
  • Um profissional para suporte;
  • Um  profissional para desenvolvimento de APP.

Em alguns casos de empresas mais enxutas é plausível que um mesmo profissional desempenhe uma ou mais funções.

Todavia, “eupresas” – empresas de uma pessoa só – normalmente não conseguem desempenhar todos os papéis indicados com altos padrões de qualidade e pecam, principalmente por não prestar manutenção de qualidade.

5 – CERTIFICAÇÕES

Verifique se os profissionais tem alguma certificação ou curso na área de desenvolvimento de sites. Isso prova minimamente se o profissional tem capacidade para desenvolver seu site.

6 –DEPOIMENTOS DE CLIENTES

Verifique se a empresa ou profissional apresenta em seu site  depoimentos de clientes satisfeitos com o trabalho. Este é um bom indicativo para saber a satisfação dos clientes sobre a empresa ou profissional.

7 – RECOMENDAÇÕES

Pergunte a seus amigos que possuem empresas e projetos particulares, quem eles contrataram e se tem boas referências sobre essas empresas que você está analisando.

8 – BRIEFING

Uma boa empresa ou profissional dificilmente irá enviar um orçamento sem antes fazer um levantamento de suas necessidades. Desconfie, se simplesmente a empresa enviar um orçamento sem antes analisar o que você precisa.

9 – SOLICITE UM ORÇAMENTO

Solicite orçamento com base em seu planejamento, dependendo do tamanho de seu site o valor será maior ou menor. Em geral o valor com Hospedagem do site e aquisição do endereço www.suaempresa.com.br não estão incluídos e devem ser pagos separadamente.

Sempre que possível visite a empresa. Assim você poderá perceber se o que a empresa apresenta na Internet é real ou se o site deles apenas engana.

10 – PREFIRA UMA SOFTWARE HOUSE OU AGÊNCIA DE MARKETING

Dê preferência por uma software house ou  uma agência digital, elas geralmente tem equipes com profissionais de várias áreas de conhecimento como design, programação (TI), comunicação (jornalismo, publicidade etc.), entre outras áreas que vão dar maior qualidade ao seu projeto.

Uma software house é uma empresa ou organização que se dedica a construir software, ou seja programas de computador, geralmente com fins comerciais

Para contratar:

11 – CONTRATO

Peça para ter acesso a minuta do contrato. No contrato ficam estabelecidas as condições de pagamento, entrega, suporte, mudanças de links, valor da manutenção, direitos de imagem, serviços terceirizados e direitos de criação, entre outros aspectos.

Fique atento que seu projeto pode sofrer adaptações após seu lançamento e isto tem que estar incluído no valor, assim como o tempo previsto para essas modificações, que deve ser o mesmo da entrega do projeto.

Ex. O projeto levou 6 meses para ser entregue, acrescente mais 6 meses como garantia para adaptações e correções.

Além disso, sempre há limitadores, tais como cotas de e-mail e armazenagem de arquivos na hospedagem de seu site, tempo máximo de suporte via contrato e outros.

Acrescente 2 itens importantes ao seu contrato:

1 – Paragrafo sobre CONFIDENCIALIDADE. Clausula que obriga a empresa de desenvolvimento, manter protegida as informações e códigos sobre seu projeto. Em caso de vazamento de informações ou venda de seu projeto para terceiros, você poder processar.

2 – Paragrafo sobre PENALIDADES. Na minha opinião um dos itens mais importantes. Tem que ficar amarrado as datas de entrega, garantias, descontinuidade, etc. Para cada item, tem que ser prevista as penalidades, que podem ser multas, devolução do investimento e até mesmo prisão.

Há muitas empresas e profissionais sérios no mercado. Mas é sempre bom se precaver.

Não confunda manutenção de site com alimentação de site

Manutenção do site: Se restringe as melhorias tecnológicas, como: Mudança simples de tecnologia, redirecionamento de página, correção do banco de dados, etc. Sim essa parte da linguagem técnica mesmo. Isso tem um valor médio de R$ 300,00 a R$ 1.000,00 mensais e é pago mensalmente. Por isso tem que vir previsto no contrato para você não ter surpresas.

Alimentação do site: É a colocação de conteúdo em texto, imagem e vídeo no seu site. O que pode ser feito por você, pelo estagiário ou por uma empresa de Marketing de Conteúdo que faça o serviços de Gestão de Canais.

Banco de agências e profissionais

12 – SITES DE AGENCIAMENTO DE PROFISSIONAIS

Além do Google, existem vários sites que reúnem bons profissionais que prestam serviços via internet. É o caso do www.prolancer.com.br, www.outsourcely.com, www.freelancer.com, www.workana.com/pt que reúnem milhões de profissionais de vários países. Você anuncia os serviços que você pretende executar e vários profissionais oferecem seus serviços.

13 – CONSULTORIA TECNOLÓGICA DO SEBRAETEC

Outra alternativa e a consultoria de criação de sites do Sebraetec. O Sebrae dispõe de um banco de agências de marketing e publicidade para prestar serviços de criação de sites para empresas. Outra vantagem é que o Sebrae chega a pagar até 90% do valor do serviço em alguns estados.

É certo que isso não garante que você encontre o melhor profissional, empresa ou agência, mas ajudará a você a evitar muitos aborrecimentos.

Preparei uma planilha que vai ajudar você a comparar as agências e profissionais para escolher a melhor opção.

Planilha de Avaliação de empresas e profissionais para criação de sites

Agradecimento a colaboração de:
Antônio Armando Fáscio – CEO da Startup Orçafacio
Georgia Tasha – Head of Marketing, Outsourcely.com
Colabore com esse texto também deixando seus comentários abaixo.

É estrategista de marketing Digital, Palestrante e consultor de Inbound Marketing para empresas.

Especialista em Inovação Tecnológica
Especialista em Gestão de Pequenos Negócios
MBA em Gestão de Empresas

Sobre a MAIKON.biz

Somos uma empresa de consultoria de Inbound Marketing com foco em ajudar empresas a obter ótimos resultados em vendas.

Buscando resultados?

Para gerar resultados com Marketing Digital, o primeiro passo é planejar uma estratégia solida que invista seu dinheiro com segurança. Conte com nossa ajuda!

Assine nossas dicas de marketing

Campos marcados com um * são requeridos

Leia também

Leia todos os artigos
No Comments
 

Leave a Comment

Baixe Grátis Marketing Digital - Para iniciantes