📢 Inbound marketing para você entender, dominar e lucrar

6 Comments

O inbound marketing, conhecido como marketing de atração, prefere se comunicar com um cliente receptivo, de forma menos intrusiva, mais envolvente e melhor preparada para construir um diálogo.

É assim que as empresas de hoje trabalham as vendas e a aquisição de clientes, em função das mudanças causadas pela internet e pelo smartphone.

É importante entender já a lógica e o mecanismo do inbound marketing, pois cedo ou tarde você vai adotá-lo no seu negócio.

As ações necessárias para iniciar você pode fazer sozinho ou com outras pessoas, mas o processo é simples. Então entenda agora e já fique preparado.

Permissão em vez de barulho

O marketing tradicional fala alto para todo mundo escutar, mesmo quem não está interessado.O marketing tradicional fala alto para todo mundo escutar, mesmo quem não está interessado. No marketing tradicional, as empresas usam uma propaganda que faz barulho, para chegar a todos que conseguir alcançar, mesmo quem não está interessado.

São os anúncios que vemos na televisão, na rua, no jornal, nas revistas, nos cartazes… eles funcionam e dão resultado porque atingem um grande número de pessoas (todo mundo, inclusive os desinteressados na grande maioria).

Mas há outra maneira de divulgar a sua empresa e os seus serviços usando as facilidades da internet.

Enquanto o marketing tradicional fala de uma forma massificada, o inbound marketing trabalha com a permissão de seu cliente potencial, com quem você vai se comunicar e por quem será bem recebido.

– Ok, mas se você não anuncia e não divulga, como o cliente vai saber que você existe?

O seu cliente ideal é aquele que deseja comprar o que você vende. Ele é que vai encontrar você, não o contrário.

Hoje os nativos digitais usam o Google para pesquisar e localizar o que deseja comprar.

Quando você produzir informações feitas sob medida para o seu cliente ideal, você será visto por ele, nas buscas dele.

A pesquisa para a contratação de um serviço acontece com uma busca

Ou seja: trabalhar com o inbound marketing na prática quer dizer que você vai precisar criar uma estratégia de conteúdo para atrair clientes.

O inbound marketing não fala para todo mundo; fala para quem está interessado em ouvir: o seu cliente ideal.O conteúdo produzido por você sempre será voltado para o seu cliente ideal, de formar a atrair e conquistar a permissão dele para que vocês possam se comunicar de forma direta e receptiva.

E você vai precisar de um bom canal na internet – que pode ser um site, um blog, um aplicativo, uma página no Facebook, um canal no YouTube… depende de seu caso.

Neste seu canal, todos os conteúdos vão demonstrar o seu conhecimento sobre os assuntos de interesse de seu “cliente ideal”, como veremos logo a seguir em personas.

Ao planejar a sua comunicação, identifique o que você pode oferecer de realmente útil para este cliente. A informação que ele procura está no serviço ou produto que você oferece.

Diferenças entre inbound marketing e marketing tradicional

As diferenças entre inbound marketing e marketing tradicional

inbound marketing

E por que isso é importante?

Se você consegue atrair o seu cliente ideal por meio de conteúdo, você vai construir confiança para a sua marca. Você demonstra conhecimento e constrói autoridade.

O inbound marketing trabalha com conteúdos que atraem potenciais clientes (leads) – pessoas que estão interessadas no seu assunto e estão abertas a ouvir sua oferta.

Resumindo: o inbound marketing é a maneira mais eficaz de fazer comunicação e vendas no ambiente online.

Como fazer isso na minha empresa?

Para introduzir o inbound marketing no seu negócio, você precisa definir um planejamento com pontos básicos, que são: estabelecer um objetivo claro, identificar a sua persona e escolher os canais que você vai usar para buscar seus leads.

1. Estabeleça um objetivo claro

inbound marketing: estabeleça um objetivo claroO primeiro passo é identificar um objetivo que pode ser medido dentro de determinado período.

Um exemplo de objetivo: conseguir 5 mil leads de clientes em três meses. A estratégia usada foi oferecer um e-book especializado até obter 5 mil endereços de e-mail de pessoas interessados no seu assunto.

Estes leads serão trabalhados com o objetivo de vender um aplicativo que proporciona aumento de produtividade, o que já seria outro objetivo claro.

Inicie com algo simples se a sua estrutura é pequena.

Por exemplo: gerar de 20 a 50 leads qualificados (pessoas que se cadastraram no site para receber atualizações).

Uma vez que o objetivo foi estabelecido, a estratégia poderá ser montada.

2. Personas: identifique o cliente ideal

PersonaAs personas são personagens que representam características e comportamentos do seu cliente. É o retrato do cliente do seu negócio, que tem interesse em comprar os seus produtos e serviços. Aquele para quem você é importante.

Fica mais fácil produzir conteúdo voltado para elas e é muito importante ter a persona sempre em mente.

Procure trabalhar apenas uma, no máximo duas personas, pelo menos inicialmente.

3. Escolha os canais para obter leads

Você vai divulgar o seu conteúdo tendo em mente o que a sua persona está procurando e onde ela faz esta busca.

Agora é a hora de pesquisar e anotar. Comece pela redes sociais mais interessantes para esta pessoa. Entre em grupos, páginas e fóruns de discussão sobre o assunto de seu negócio. Siga marcas com produtos semelhantes, principalmente as grandes.

Procure se acostumar com os ambientes onde seus futuros clientes estão esperando por alguém que ofereça conteúdo e serviços de qualidade por um preço mais em conta.

Avalie se você pode participar das discussões nestes ambientes e se é possível criar oportunidades de relacionamento que possam gerar mais leads.

O trabalho é contínuo e segue um ciclo

Depois de identificar claramente o seu objetivo, as personas do seu negócio e definir os canais, você então já pode iniciar a sequência do inbound marketing.

São cinco momentos: atrair, converter, fechar, encantar e analisar. Entenda estas etapas.

Etapas do inbound marketing

Atrair

Novos clientes para o seu negócio

O primeiro momento do inbound é atrair a atenção dos clientes para que eles visitem o site, loja virtual ou blog da empresa.

Mais usados nesse momento são os conteúdos em formato de posts de blog, que deverão ser trabalhados para atrair olhares nas redes sociais e conquistar espaço nos buscadores.

Desenvolva um conteúdo inteligente, que identifique e resolva problemas, sacie a curiosidade e saiba instigar o gosto pelo assunto. Fale das questões importantes para o seu cliente e escreva para responder o que ele buscaria no Google.

Dê a ele a atenção que outros não proporcionam e ofereça a solução que você tem para os problemas dele.

Não precisa ser sério demais. Crie material descontraído e prazeroso de ler. Vídeos, webinars e infográficos. Sempre com conexão com seus produtos e serviços.Atrair no inbound marketing

Há diversos formatos que podemos usar na comunicação pela internet. O conteúdo que está no blog também salta para newsletters, e-mail marketing, relatórios, E-books e vídeos, à disposição dos usuários.

Se for o caso, crie uma página com “perguntas frequentes”. Essa é uma página muito acessada nos sites e resolvem grande parte das dúvidas. Responda as mensagens enviadas com rapidez e clareza porque a satisfação do cliente é imediata e o prêmio conquistado é a fidelização.

E para garantir que seus posts sejam buscados, usar as técnicas de SEO é fundamental. SEO significa Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca).

É um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web. Essas otimizações visam alcançar bons rankings orgânicos gerando tráfego e autoridade para um site ou blog.

Boa parte das estratégias de marketing digital envolve a indexação e visibilidade dentro de sites de busca como o Google. Utilizar as técnicas de SEO é importante para que suas páginas se saiam melhor nos resultados do que as dos concorrentes.

Outro tipo de estratégia de publicidade online que pode ajudar seu cliente a encontrar seu conteúdo e, consequentemente, seus produtos e serviços é por meio de links patrocinados. Saiba mais sobre links patrocinados.

Links patrocinados são anúncios. É uma forma de anunciar em buscadores e outras ferramentas com links para seu site. A ferramenta do Google para links patrocinados é o Adwords, na qual você pode se cadastrar e criar seus anúncios.

Com os links patrocinados é possível anunciar nos resultados de busca do Google e em diversos sites, baseado em palavras-chave e outros critérios como localização, ligados ao alcance das suas publicações.

As redes sociais também servem para atrair o seu público e devem ser utilizadas em conjunto com a estratégia de marketing de conteúdo, replicando os artigos publicados no seu blog, para otimizar o tráfego e atrair para a sua página de conversão, que é uma página de seu site preparada para receber o cliente e conduzi-lo à compra ou outra ação desejada.

Entenda que 70% dos brasileiros possuem algum tipo de acesso à internet, sendo que 38% deles não conseguem passar mais do que algumas horas sem checar suas redes sociais. Portanto, a velocidade com que a informação chega ao público desejado é maior, assim como a velocidade da resposta.

Além de potencializar o alcance das publicações, a divulgação do conteúdo nas redes sociais auxilia no aumento do nível de engajamento dos atuais e potenciais clientes, uma vez que permite maior interação entre a empresa e os consumidores.

Ferramentas utilizadas nessa etapa:

  • Blog
  • SEO
  • Links patrocinados
  • Redes sociais

Converter

Transforme visitantes em potenciais clientes

A segunda etapa do processo é quando a empresa consegue transformar aqueles usuários visitantes do site em leads (potenciais clientes) para o negócio. Isso significa que as pessoas vão fornecer alguns dados pessoais, como nome, telefone e e-mail, em troca de um conteúdo produzido por você.

Estas informações vão alimentar a sua lista de contatos, que será cada vez mais completa e vai registrar a reação dos clientes – se abriu a sua comunicação por e-mail, em que link clicou, o grau de compreensão dele sobre seu serviço.

Para coletar e-mails que serão trabalhados em suas newsletters (este é o nome de sua comunicação por e-mail, que traz conteúdos em vez de propaganda), você vai usar recursos como:

  • Landing pages (páginas preparadas para facilitar a venda)
  • Livros no formato e-book
  • Webinars (aulas transmitidas ao vivo ou gravadas)
  • Infográficos

Estes recursos são sempre usados nas etapas destinadas a coletar e-mails.

Mais adiante vai acontecer um trabalho de nutrição desse lead, até que se chegue à venda (ou outra ação desejada).

Se o seu negócio trabalha com vendas online, por exemplo, seu objetivo é que o cliente envie o pedido, obviamente, e não apenas visite o seu site.

A conversão acontece quando o cliente efetuou a ação final que você desejava dentro do site.

Quando as conversões aumentam é uma indicação de que suas estratégias estão funcionando.

Ferramentas utilizadas nessa etapa:

  • Criação de ofertas
  • Landing pages
  • CRO (Otimização de conversão)

O ciclo do inbound marketing

Relacionar

Transforme leads em clientes

Nessa etapa o lead será nutrido — ou seja, vai receber uma sequência de e-mails já programada, com mensagens que vão aos poucos mostrando conteúdo referente a cada uma das etapas do processo de venda.

Mais adiante vamos falar sobre os estágios anteriores a uma compra, da consideração até o fechamento, como se fosse um funil.

Nutrir o lead com conteúdo serve para qualificar sua base de contatos. Desta forma você saberá identificar aqueles com mais chances de fechar negócio.

O fechamento, (venda) é o objetivo seguinte, quando o lead se transforma em cliente.

É importante lembrar que leads são muito mais do que simples endereços de e-mail.

Cada pessoa que preencheu um formulário no site da sua empresa está demonstrando a você que tem interesse no tema. E mais do que isso: tem uma “dor”, um problema que precisa resolver.

Por isso, é nesse momento em que é preciso demonstrar o valor do seu produto ou serviço. Deixe bem claro para aquele lead por que a sua empresa tem a melhor solução para os seus problemas. Dados, números, pesquisas de mercado, selos de qualidade ajudam a dar credibilidade à ideia.

Ferramentas utilizadas nessa etapa:

  • Email marketing
  • Automação de marketing
  • Lead nurturing (nutrição de leads)

Vender

Hora de fechar negócio

O trabalho de gerar e nutrir leads tem o objetivo de produzir demanda e gerar oportunidades de negócio para a sua empresa.

Quando o cliente está maduro a venda é feita.

Normalmente o processo de vendas acontece dentro do próprio site.

Quando o produto é mais complexo (ou mais alto o preço), o processo de vendas é também consultivo, concluindo o papel da nutrição de leads até concretizar a venda.

Da mesma forma que o inbound marketing traz vantagens em relação a análise e previsibilidade de resultados, as vendas também vão desejar estabelecer métricas para o funil, de modo a poder melhorá-lo.

Ferramentas utilizadas nessa etapa:

  • Lead storing (pontuação de leads)
  • Inbound sales
  • CRM

Encantar

Fidelize os clientes ao deixá-los satisfeitos

Finalmente, depois que o lead vira um cliente, é hora de encantar esse usuário com uma boa experiência com seu produto ou serviço, de maneira que ele fique satisfeito e com isso possa também indicar sua empresa para outras pessoas.

Essa fase da fidelização é especial. É aqui que você ganha o cliente. Mesmo que ele já tenha adquirido seu produto, não caia na besteira de abandoná-lo e perdê-lo para o concorrente.

Empresas relevantes continuam se envolvendo, encantando e transformando sua lista de clientes em fãs e divulgadores de seu negócio.

E é sempre bom lembrar que adquirir um novo cliente custa mais do que manter clientes existentes.

Ferramentas utilizadas nessa etapa:

  • Ofertas exclusivas para clientes
  • Pré-lançamentos
  • Engajamento nas redes sociais
  • Bom atendimento pós-venda
  • Formulários de satisfação

Existem diversas opções e o mais importante é deixar o cliente satisfeito com seu produto a ponto de passar a recomendar sua marca para amigos e conhecidos.

Analisar

Entender os números para melhorar a estratégia

Métricas no inbound marketing

Um dos diferenciais do marketing digital é a possibilidade de fazer o acompanhamento preciso dos resultados alcançados.

Algumas perguntas fundamentais para o sucesso do seu negócio podem ser respondidas:

  • Quantos leads estão sendo gerados?
  • Quanto está sendo gasto com a aquisição de cada cliente?
  • Qual está sendo retorno sobre o investimento?
  • Qual a taxa de conversão de visitantes em leads?
  • Quanto tempo o usuário fica em média em uma determinada página do seu blog?

As possibilidades de análise influenciam as ações no inbound marketing. É possível monitorar as interações do público com seus sites, posts e campanhas, o que torna o trabalho mais inteligente.

Os resultados podem ser melhorados quando se observa que as taxas abaixo do esperado, por exemplo, podem direcionar o esforço do time de marketing. A capacidade de análise de números e indicadores está ferramentas disponíveis no mercado.

Ferramentas de análise de números e indicadores (ou web analytics) são fundamentais para as decisões no Marketing Digital. Uma das ferramentas mais conhecidas de web analytics é o Google Analytics.

Com ele, é possível usar os dados de forma extremamente útil para a estratégia de Inbound Marketing adotada pela empresa.

Ferramentas utilizadas nessa etapa:

  • Web Analytics
  • Software de automação de marketing

As ferramentas do inbound marketing

Agora que sabemos o que é Inbound Marketing e como funciona o mecanismo de atração e conversão, vamos conhecer as principais ferramentas que tornam essas ações possíveis.

O entendimento da utilidade destas ferramentas é base para a implantação satisfatória de uma estratégia de Inbound Marketing.

Blog

O blog é um site cuja estrutura permite a exibição de conteúdos mais recentes (os posts) de forma mais dinâmica do que em sites tradicionais.

Enquanto sites e portais que podem tratar de centenas de assuntos diferentes, o blog costuma abordar um tema específico e “circular” por meio dele.

É no blog que o conteúdo interessante, informativo e até educativo de sua marca deve estar presente para os visitantes, com o intuito de despertar neles a curiosidade e transformá-los em leads.

Vídeo

Formato sucesso na internet. Vídeos podem até ser produzidos no celular.

Procure criar vídeos que vão atrair visitantes para o seu site e construir autoridade em torno de suas apresentações.

Podcast

O podcast é, de certa maneira, um blog na versão áudio. Tem a vantagem de poder ser ouvido no carro, na caminhada ou enquanto se realiza tarefas mais mecânicas.

Você pode usar o podcast para, sozinho ou em conjunto, expor sua opinião sobre assuntos de sua área profissional e sugerir soluções baseadas em sua experiência profissional.

White Papers

O white paper é um documento utilizado para divulgar pesquisas, dados, ações, cases de sucesso e até produtos de uma empresa.

Mais curto do que o e-book, o white paper atrai quando divulga novos dados sobre o mercado, em formato mais simplificado. Transmite informações técnicas e educativas que irão fortalecer a sua marca e o seu negócio.

Infográficos

O infográfico serve para ilustrar vários dados, com muita informação em uma única imagem e o auxílio de algumas legendas. É uma forma rápida e atraente de expor informações. E passar a mensagem.

Webinar

O webinars é uma conferências realizada online, mas de apenas uma via. Ou seja, apenas uma pessoa (ou grupo) fala sobre o assunto em questão, enquanto as demais assistem pela internet.

É um meio muito adequado para explicações mais técnicas sobre um produto, ou serviço ou uma especialidade. É uma boa forma de atrair leads qualificados.

Há meios para interagir com os palestrantes, como por e-mail ou mensagens instantâneas. As perguntas são solicitadas antes do horário marcado para o webinar, durante a transmissão e também após a palestra.

Fórum

Os fóruns são centros de discussões criado por páginas, sites e blogs sobre os mais variados produtos e serviços. O intuito é promover debates entre os interessados sobre determinado assunto.

Os fóruns, grupos ou comunidades tem por finalidade de todos conversar sobre o que se gosta e passar informações úteis. Participar de fóruns sobre o assunto de seu produto ou serviço pode ser uma boa forma de obter leads e sentir o mercado

Redes sociais

O marketing de mídia social é constituído por ações que visam construir uma imagem poderosa para a empresa nas redes sociais e na internet como um todo.

Essas ações incluem o seu conteúdo próprio com interações de forma natural e o impulsionamento pago nas principais plataformas de mídia social, para obter maior alcance visando pessoas com as características de sua persona.

Uma vantagem do marketing de mídia social em relação a outras formas de publicidade é a interação direta com o cliente ou interessado, com o objetivo de identificar o que esse cliente deseja e quais as visões e opiniões que tem do seu negócio.

A resposta das ações é praticamente imediata, o que permite alterações, a manutenção ou até mesmo expansão do que está funcionando.

E-book

O livro eletrônico é o equivalente de um livro impresso em forma de arquivo. O e-book é fácil de compartilhar, não ocupa espaço físico e custa menos para produzir.

Um e-book pode ter texto, imagens, vídeos, links e funções interativas e ser visto no computador, no tablet e no celular.

Newsletter

A newsletter é um boletim informativo, a comunicação por e-mail entre seu negócio e o cliente. Pela newsletter você envia regularmente informações de interesse para sua lista de contatos (ou assinantes).

O e-mail é o ambiente preferido pelo cliente interessado para receber informações, que serão vistas por ele no momento mais adequado.

A newsletter trabalha no inbound marketing em todas as etapas do funil de vendas.

E-mail marketing

Ferramenta do marketing mais direta e agressiva, o e-mail marketing é o envio de um e-mail com conteúdo informativo e publicitário.

O e-mail marketing deve ser enviado com o consenso do usuário, que são as pessoas que cederam seus e-mails que formam a sua lista de contatos.

Acompanhe os resultados do envio: quantos receberam, quantos abriram, quantos clicaram e onde. Cuide para que seu e-mail marketing tenha qualidade e não seja recebido como spam.

CRM

O Customer Relationship Management, ou CRM, é um termo do marketing utilizado para designar a gestão do relacionamento com o cliente.

O CRM atua na criação de canais operacionais com as empresas e clientes, na análise de suas necessidades, na antecipação de seus problemas e na busca por soluções antes mesmo que eles aconteçam. E também na colaboração de conteúdo, atenção e interação com o cliente.

A estratégia é fidelizar o cliente e fazer com que ele se torne um canal de publicidade, ao recomendar os serviços prestados pela marca aos amigos, parentes e empresas com as quais tem contato.

O que significa inbound sales

O conceito de inbound sales acompanha a ideia do inbound marketing. É a mudança do lado de cá do balcão, para o time de vendas.

O inbound marketing trabalha fornecendo conteúdo relevante para o público, de modo a atraí-lo para o negócio e, no processo, colher informações relevantes sobre o lead.

Essas informações são utilizadas pelo time de vendas, que entra em contato com esses leads com mais dados, pois não são mais desconhecidos.

Assim, em vez de começar uma venda do zero, o vendedor conversa de maneira inteligente com o lead, já que tem em mãos informações valiosas que ele próprio forneceu.

No caso de empresas que trabalham com vendedores, para que a estratégia de inbound funcione bem, é preciso que marketing e vendas estejam alinhados. Muitas empresas geram leads mas não ampliam as vendas simplesmente porque não há alinhamento adequado entre vendas e marketing.

Quanto tempo demora para os resultados chegarem?

Se você chegou até aqui na leitura já percebeu que inbound marketing não é simplesmente chegar e oferecer um produto.

Ele se baseia em princípios mais complicados de aplicar e que não dependem só da nossa ação. Envolve entender os gostos e necessidades do cliente e estabelecer uma relação de confiança com ele.

No inbound marketing é preciso conquistar a confiança do público-alvo, reputação, posicionamento e lembrança de marca. Ele transformará a sua empresa em uma autoridade no assunto relativo ao seu nicho. E boa reputação é algo que demora tempo para construir.

É preciso também que todos os canais e ações digitais estejam alinhadas para alcançar os objetivos. Estruturar esta estratégia demanda tempo, assim como implementá-la, fazer os ajustes necessários e conquistar audiência.

A má notícia é que os resultados a curto prazo desanimam.

A boa notícia é que assim que a sua estratégia começar a dar certo, os resultados vão ser mais rápidos e consistentes.

O tempo e a persistência com a criação de conteúdos impulsionam os resultados, e com isso você tem a sua empresa mais firme e presente no mercado.

Mas tentando responder a pergunta, a verdade é que depende.

São ações contínuas e constantes. Até que se tenha sucesso, esse tempo depende do tipo de estratégia que sua empresa queira implementar e da qualidade das ações.

Quanto custa fazer inbound marketing?

Conheça alguns dados que ajudam a entender o custo-benefício do inbound marketing e o seu potencial de retorno do investimento:

  • Empresas que atuam com inbound marketing gastam menos por cliente conquistado.
  • Leads de inbound marketing custam 61% menos em média do que leads de outbound marketing.
  • O custo médio do lead de inbound cai até 80% com a prática constante.
  • Empresas que automatizam seu ciclo de nutrição de leads aumentam a receita em 10% dentro de 6 a 9 meses.
  • Em média, empresas que publicam 15 posts no blog por mês conseguem atrair 1.200 leads por mês.
  • O Inbound marketing pode aumentar em 2x a taxa de conversão em um site.

Livros sobre inbound marketing

Conheça alguns dos principais livros sobre inbound marketing e saiba um pouco mais sobre cada um deles.

Marketing de conteúdo: a moeda do século XXI

Livros sobre inbound marketingRafael Rez

O caminho do inbound marketing está todo descrito no livro, com simplicidade e autoridade.

Rafael Rez é profissional experiente de marketing dono de um olhar atento sobre o comportamento do comprador. Aqui, de forma clara e didática, ele explica e detalha os passos e os processos para se obter resultados expressivos.

 

Inbound Marketing: Seja Encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs

Livros sobre inbound marketing

Brian Halligan e Dharmesh Shah

Os autores criaram o conceito de inbound marketing quando iniciaram sua empresa de marketing, a

HubSpot, e escreveram um livro que se tornou um clássico do novo marketing digital.

Trata dos conceitos básicos utilizados na metodologia e abordam diversas dicas para as táticas de SEO e mídia social. A grande prática dos autores é um bem valioso traduzido em lições de inbound marketing.

Brand like a rockstar

Brand like a rock starSteve Jones

Se você gosta de música e de marketing com certeza vai apreciar a leitura. O autor Steve Jones trabalha no ramo da música nos Estados Unidos e acompanha a influência da marca nas bandas que tiveram grande importância ao longo da história.

O livro fala sobre as características da ascensão de bandas com a ajuda do branding e do marketing, de forma a mostrar que podem ser válidas para os negócios.

 

Permission Marketing: Turning strangers into friends and friends into customers

Marketing de permissão e inbound marketing Seth Godin

Foi considerado muito inovador quando foi lançado por contrapor o que era considerado comum no mercado publicitário: a propaganda que têm como principal característica a interrupção e a obrigatoriedade da atenção do espectador.

Ao trazer os principais conceitos do inbound marketing, nomeado como marketing de permissão, Seth Godin apresenta informações fundamentais para quem quer seguir carreira no mercado de marketing atual.

 

 

UnMarketing: Stop marketing. Start engaging

Un marketing e inbound marketingScott Stratten

Tratado com muito bom humor, o livro mostra diferentes formas com que as empresas podem se desenvolver através do relacionamento entre as pessoas.

Um dos pontos altos do livro é como são apresentados os principais erros que os profissionais de marketing costumam cometer, mostrando ao leitor como fugir deles.

Ao engajar com os clientes, a empresa mantém um relacionamento que traz benefícios para todos.

 

Blink: the power of thinking without thinking

Malcom GladwellBlink - livro inbound marketing

Não foi escrito diretamente para os profissionais de marketing, mas é muito útil por este ponto de vista também.

O livro fala sobre técnicas para desenvolver o pensamento rápido e tudo o que está diretamente relacionado a este processo.

O autor aborda o funcionamento da mente humana, com ensinamentos para a vida pessoal e profissional.

Regras de Conteúdo

Ann Handley e C.C. Chapman

Mostra porque a qualidade do conteúdo é importante na estratégia de inbound marketing e também uma das principais formas de atrair as pessoas que têm interesse na área.

Ao produzir textos para blog, infográficos, webinars, podcasts ou qualquer outra forma de transmitir conteúdo, é importante fazer com que ofereçam valor para os clientes em potencial.

 

Convert!: Designing websites to increase traffic and conversion

inbound marketing: livro convertBen Hunt

Para que uma estratégia de marketing de conteúdo seja efetiva é fundamental que o site ou o blog em questão seja inteiramente pensado para converter visitantes em leads.

Apresenta um tutorial com bem acessível e de simples compreensão sobre o que pode ser feito para o blog gerar o máximo de leads possível.

O segredo é fazer com que os conteúdos certos apareçam para cada um dos principais públicos que visitam o site.

Everybody writes: your go-to guide to creating ridiculously good content

inbound marketing: livro everybody writesAnn Handley

O principal conceito é o de que qualquer pessoa pode ser considerada produtor de conteúdo na internet.

A partir do momento em que qualquer um pode ter um perfil em redes sociais, criar um blog ou um canal no YouTube, é fundamental saber quais são os fatores fundamentais para que se tenha uma maior visibilidade, de forma a se destacar em meio a tantos outros que também produzem conteúdo.

Com uma linguagem simples e de forma divertida, apresenta um guia sobre o processo e as estratégia para criar uma estratégia de conteúdo.

A partir de sua expertise no assunto, apresenta conselhos práticos, focados em resultado, que podem ser aplicados em diversas situações na produção de landing pages, posts, e-mail marketing e mídias sociais.

Blogs sobre Inbound Marketing

Conheça alguns dos blogs sobre inbound marketing.

Marketing de conteúdo

Blog da empresa Rock Content, um dos maiores blogs sobre marketing digital do Brasil.

Acesse >> https://marketingdeconteudo.com/

RD Station

Blog do software de marketing digital. Diversos posts sobre marketing digital e inbound marketing e como utilizá-los a seu favor.

Acesse >> http://blog.rdstation.com.br/

Viver de blog

Aprenda a gerar uma autoridade digital, um posicionamento único, tráfego, leads e vendas através do seu conteúdo.

Acesse >> https://viverdeblog.com/

Agência Mestre

Blog da Agência Mestre.

Acesse >> https://www.agenciamestre.com/blog/

Contentools

Blog da empresa Contentools, plataforma de marketing de conteúdo.

Acesse >> http://contentools.com.br/blog/

Adhere Creative

Este blog pertence a uma agência de inbound marketing e desenvolvimento de marca. O principal foco é mostrar a perspectiva do inbound sobre branding e design.

Acesse >> http://www.adherecreative.com/blog/

Content Marketing Institute

Com o foco total no marketing de conteúdo, este blog produz materiais diários que têm o objetivo de auxiliar as pessoas nos passos básicos na estratégia de produção de conteúdo.

Acesse  >> http://www.contentmarketinginstitute.com/

Copyblogger

O blog tem o intuito de ajudar no desenvolvimento de conteúdo que seja relevante para os clientes, ajudando tanto a converter visitantes em leads, como leads em clientes.

Acesse >> http://www.copyblogger.com/blog/

FeverBee

Este blog trata de uma parte muito importante da estratégia de inbound marketing: o crescimento de uma comunidade online.

Acesse >> http://www.feverbee.com/

Heidi Cohen

As dicas do blog englobam insights de marketing sobre mídias sociais, marketing de conteúdo e adaptação para dispositivos móveis.

Acesse >> http://heidicohen.com/

Hubspot

Se você quer saber como deve ser o seu caminho para traçar uma estratégia de inbound marketing, vai encontrar dicas e conselhos no blog da Hubspot.

Acesse >> http://blog.hubspot.com/

Problogger

Escrito por Darren Rowse, que é considerado o “padrinho” dos blogs, o Problogger é especialista em dar dicas para aquelas pessoas que querem se aventurar nesse mundo.

Acesse >> http://www.problogger.net/

Quicksprout

Escrito por Neil Patel, com uma linguagem muito leve, o blog tem o principal objetivo em ajudar os produtores de conteúdo online a aumentar o tráfego em seus sites.

Acesse >> http://www.quicksprout.com/blog/

SEOmoz

Como já está proposto no nome, o blog fala sobre SEO (otimização de mecanismos de busca, em português).

Acesse >> http://www.seomoz.org/blog

Social Media Examiner

Como o inbound trata muito sobre a interação entre a marca e os prospectos, o uso das redes sociais torna-se fundamental. Este é o blog ideal para aprender como utilizar as redes sociais a seu favor.

Acesse >> http://www.socialmediaexaminer.com/

Social Media Today

Este é outro blog sobre dicas de postagem em redes sociais, mas com um diferencial: são os leitores que produzem os artigos. O time de edição do blog recebe conteúdos do mundo todo, fazem uma edição e seleção dos que mais se encaixam no perfil do blog e postam.

Acesse >> http://www.socialmediatoday.com/

E-books de Inbound Marketing

  • Guia Definitivo do Inbound Marketing – Rock Content – Baixar ebook
  • E-book + Glossário] Inbound Marketing: Tudo o que sua agência precisa saber – Resultados Digitais – Baixar ebook
  • Inbound Marketing – Guia Completo – Dose de Marketing – Baixar ebook
  • Inbound Marketing para E-commerce – Agência Mestre – Baixar ebook
  • Inbound Marketing: O consumidor no centro – Globalad – Baixar ebook
  • Inbound Marketing – Fábio Roberto Borges – Baixar ebook

Gurus do Inbound Marketing que você deve conhecer

Confira alguns nomes importantes do inbound marketing.

Eric Santos

Co-fundador da Resultados Digitais ao lado do André Siqueira, Eric acompanha e retwitta os melhores posts de blogs estrangeiros, inclusive preciosidades como bons E-books gratuitos.

Henrique Carvalho

Henrique Carvalho é fundador do site Viver de Blog. Sua especialidade é mostrar o universo de blogs como um negócio digital, com dicas práticas com infográficos, E-books e guias completos.

Alberto André

Alberto André posta bastante sobre esportes, mas também acompanha os melhores posts de sites como Buzzsumo e Majestic.

Andre Siqueira

Profissional de Marketing e Vendas especializado em marketing digital.

Dharmesh Shah

CTO da Hubspot. Shah é autor de verdadeiras lições de vida como 12 Unconventional Interview Questions Entrepreneurs Should Ask, How To Get Media Coverage For Your Startup: A Complete Guide e 14 Ways To Be A Great Startup CEO.

Rafael Oliveira

Autor do livro “Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI”, publicado pela DVS Editora. Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica, já atendeu mais de 1.000 clientes em 20 anos de carreira.

Rand Fishkin

Fundador do Moz, software de Inbound Marketing com 10 anos de mercado. Leitor voraz, Fishkin é um bom curador de reportagens sobre o mercado e economia. É também capaz de dar aulas em vídeo sobre SEO com barba de Papai Noel.

Joe Pulizzi

Joe Pulizzi é um dos profissionais mais influentes da área. Fundador do Content Marketing Institute é um evangelizador de marketing de conteúdo. Suas postagens frequentes te auxiliarão a sempre estar em contato com conteúdos relevantes.

Brian Halligan

Brian Halligan, da Hubspot de vez em quando algumas preciosidades sobre tendências, como “39% of online shoppers began their research on Amazon — only 11% on Google. Complete reversal over 5 years”. FIque de olho!

Copy Blogger

Para que seguir um guru se você pode fazer um intensivo com vários? O Copyblogger é um dos melhores blogs sobre marketing de conteúdo que existem. Dá uma olhada nesta lista dos melhores posts de 2014 deles e você logo verá o porquê.

Diego Gomes

Diego é Cofundador da Rock Content, uma das empresas referências em marketing digital e inbound marketing no Brasil.

Vitor Pecanha

Professor e um dos autores referência no tema marketing digital e inbound marketing

Maikon Richardson

Estrategista digital, consultor e especialista em Inbound Marketing para empresas de pequeno, médio e grande porte. Fundador da MAIKON.biz cursos de marketing digital para empresas e colaborador do Sebrae.

Cursos de Inbound Marketing

Vídeos sobre inbound marketing

O que é inbound marketing – Rock Content

Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo – Marketing de Conteúdo

O que é Inbound Marketing – Clint Digital

Entenda O que é Inbound Marketing – Bruno Pinheiro

What is Inbound Marketing? – Yum Yum Videos – Animated Explainer Videos (em inglês)

What is inbound Marketing – New Destiny Media (em inglês)

Inbound Marketing André Siqueira – Grupo Emidia

O que é Inbound Marketing? Como utilizá-lo? – Mirago Marketing Digital

Marketing de Conteúdo e o momento de crise – atraia clientes mesmo na crise – Ana Tex

Inbound Marketing sem mistério – Ingage

Why Inbound? (Inbound Certification Course – Class 1.1) (em inglês)

Modelos de planilhas para inbound marketing

  • Modelo de cronograma para Inbound Marketing. Planilha para estruturar ações de marketing digital – Resultados Digitais – Acesse aqui
  • Planilha Inbound Marketing + Funil de vendas + Gestão Leads – Excel Solução – Acesse aqui
  • Planilha mensuração e controle de marketing digitalAcesse aqui

Agências e consultorias em inbound marketing

  • RD Station – Plataforma com consultoria para a empresa gerenciar e automatizar as ações de marketing digital
  • Rock Content – Especializada em produção de conteúdo e inbound marketing
  • Trakto – Especializada em content marketing
  • Look’n Feel – Especializada em inbound marketing
  • Nova Escola de Marketing – Especializada em marketing digital
  • Whip – Especializada em inbound marketing, SEO, links patrocinados, mídia social
  • RedaWeb – Conteúdo para Site ou Blog‎
  • Agência de Marketing – Estratégias na internet
  • ASB Marketing – Consultoria em inbound marketing
  • Agência Mestre – Marketing digital, inbound marketing, SEO
  • Inbound Marketing Brasil – Consultoria inbound marketing
  • Agência Inbound – Consultoria de inbound marketing e vendas
  • Post Digital – Marketing digital
  • Marketeria – Consultoria para inbound marketing
  • RG Plus – Consultoria em Marketing Digital e Inbound Marketing
  • Na5 – Agência de marketing digital e Vendas | Parceira HubSpot Brasil
  • WSI Consultoria – Agência de Marketing Digital e Consultoria de Vendas
  • 5Seleto – Consultoria de Inbound Marketing
  • Destak – Consultoria em Marketing Digital
  • Studio15 – Consultoria Marketing – Design e Comunicação‎

Glossário

Conheça os principais termos usados no inbound marketing.

Adwords

É um serviço de publicidade do Google. É pelo Adwords que os sites fazem anúncios pagos que aparecem nas páginas de resultado do Google (links patrocinados) – na parte superior e na lateral direita e nos sites afiliados que exibem os anúncios na forma de banners ou texto.

Automação de marketing

Mecanismos que permitem a execução de ações de marketing digital de maneira automatizada para facilitar o trabalho e acelerar resultados. Softwares como o RD Station oferecem esta ferramenta.

Blog

O blog é um site atualizado frequentemente, composto por posts geralmente apresentados de forma cronológica.

No inbound marketing, os blogs são o espaço primordial para as empresas publicarem conteúdos de interesse de seu público, para atrair visitantes e tornar-se referência na área.

Busca orgânica

Resultados por busca orgânica acontecem quando as visitas vêm do bom posicionamento de seu site em ferramentas de busca como o Google. A busca orgânica é gratuita; os links patrocinados são pagos.

CAC

Custo de Aquisição de Cliente. É uma métrica significativa para as empresas saberem quanto estão gastando para conquistar cada novo cliente e serve para definir o orçamento e as ações de marketing.

Conteúdo rico

É um material educativo que agrega valor para os visitantes de um site. Pode ser um E-book, um infográfico, um vídeo, um webinar e outros tipos de materiais, geralmente colocados “atrás” de uma landing page para gerar uma conversão.

Conversão

É quando ocorre a ação que a empresa deseja que o usuário realize. Preencher um formulário, realizar uma compra, assinar um teste, por exemplo.

Customer Relationship Management – CRM

Sigla para Customer Relationship Management (gerenciamento de relacionamento com clientes).

Softwares de CRM oferecem soluções para a gestão de relacionamento com clientes. Ajudam a organizar e armazenar informações e o controle de contatos (conversas, reuniões realizadas, agendamentos e outros contatos realizados).

Call-to-Action – CTA

A tradução literal seria “chamada para ação”. São comandos passados aos usuários para que eles realizem uma ação esperada pela empresa. Podem ser botões, banners ou mesmo textos com links. Em geral, utilizam verbos no imperativo.

Exemplos: “clique aqui” e “aproveite essa oferta”.

E-book

É um livro eletrônico. No contexto do marketing, é um material educativo sobre algum assunto da área de atuação de uma empresa. São mais densos que posts em blogs e exploram mais a fundo o tema proposto. São bastante usados para serem oferecidos gratuitamente ao visitante, em troca de seu endereço de e-mail e outras informações.

Formulário de conversão

É o formulário que o visitante preenche em troca de algo (uma oferta de E-book, um cadastro para newsletter, um pedido de mais informações, por exemplo).

Funil

inbound marketing: o momento de compra, funilRepresentação em pirâmide invertida dos diferentes estágios do processo de venda. Costuma ser dividido em Topo de Funil (compradores ainda em fase de conhecimento), Meio de Funil (compradores avaliando a compra) e Fundo de Funil (compradores já próximos da aquisição).

Em estratégias de marketing digital é essencial produzir conteúdos para pessoas em cada um desses níveis.

Geração de leads

Converter os visitantes do site da empresa em leads (clientes a serem trabalhados visando a venda).

Landing page

O termo (página de aterrissagem) pode representar qualquer página que sirva como porta de entrada para um visitante do seu site. No entanto, no contexto do inbound marketing, costuma ser mais utilizada como uma página criada com um propósito específico de conversão. O exemplo mais comum é a página com o formulário para conversão de visitantes em leads.

Lead

Pessoa que deixou seus dados em um formulário de conversão e demonstrou interesse na sua empresa, em seus produtos ou seu tema de mercado. O lead é um cliente em potencial.

Lead scoring

Algoritmo que determina uma pontuação para determinados perfis e comportamentos de um lead. Serve para analisar se esse lead é qualificado ou não.

Nutrição de leads

Técnica de automação de marketing para o envio de uma sequência de e-mails após um determinado evento, com o objetivo de conduzir o Lead pelo funil e aproximá-lo do momento da compra.

Palavra-chave

Pode ser a palavra (ou mais de uma palavra) que resume ou descreve o tema principal de um conteúdo. A palavra-chave é a fonte do SEO para os esforços de otimização de uma página.

Segmentação de leads

Para otimizar os resultados de ações de relacionamento como o envio de e-mail marketing, é indicado segmentar a base de contatos de acordo com um determinado critério. Por exemplo: clientes de uma região ou de um setor do mercado podem receber disparos focados para a sua realidade.

Qualificação de leads

Processo para classificar quais leads representam boas oportunidades e devem ser abordados pela equipe de vendas, quais ainda não estão no momento da compra e quais leads são ruins para venda (aqueles que não têm perfil para se tornar um cliente).

Return on Investment – ROI

Sigla para Return on Investment (retorno sobre o investimento, em português). É a relação entre o dinheiro investido em esforços de marketing e os objetivos alcançados.

Taxa de conversão

Porcentagem de visitantes que realiza a conversão desejada. Exemplo: se a taxa de conversão de uma landing page for 70%, isso quer dizer que 70 em cada 100 visitantes executaram a ação desejada.

Visitante

É o usuário que faz as ações no site durante uma sessão.

Visitante único

Se um visitante entrou em determinado site e teve um cookie instalado em seu computador, será contado como o mesmo visitante em diferentes ocasiões. Dessa forma, é possível saber quantos visitantes diferentes um site teve, sem contar o mesmo usuário mais de uma vez.

Visitantes de retorno

É o visitante único que entra mais de uma vez em um site.

Webinar

Conteúdo disponibilizado para o público em formato de vídeo (abreviação de seminário web). Pode ser uma aula, uma palestra, um debate, entre outras opções.
Pode ser exibido ao vivo ou gravado.

Fontes:
Este artigo é um apanhado completo do que há de melhor em informação nos sites abaixo e em toda a internet.

  • Rock Content
  • Hubspot
  • Resultados Digitais
  • Marketing de conteúdo
  • Agência mestre
  • Viver de blog
  • Contentools
  • Conexorama
  • Ingage
  • ASB Marketing
  • Odig Digital Experts
  • Ipub
  • Next Idea
  • Orgânica Digital

Saiba mais

  • As diferenças entre outbound e inbound marketing < https://outboundmarketing.com.br/diferencas-outbound-inbound-marketing/>
  • O que é inbound marketing e por que sua empresa precisa dele para decolar < http://flammo.com.br/blog/o-que-e-inbound-marketing-e-por-que-sua-empresa-precisa-dele-para-decolar/ >
  • Entenda o que é e como funciona o inbound marketing < http://sigu.com.br/blog-do-pinguim/artigo/192-entenda-o-que-e-e-como-funciona-o-inbound-marketing#.WhLhK7T81TY >
  • O que é inbound marketing < https://marketingdeconteudo.com/o-que-e-inbound-marketing/#definição >
  • O que são inbound sales < http://www.agendor.com.br/blog/o-que-e-inbound-sales/ >

Referência para livros e trabalhos acadêmicos 


RICHARDSON, Maikon. Inbound marketing para você entender, dominar e lucrar. Disponível em: <https://maikon.biz/inbound-marketing- digital/. Acesso em: 01/01/2018*

*Troque pela data de acesso que você fez

Sobre a MAIKON.biz

MAIKON.biz é uma empresa especializada em Cursos Online de Marketing Digital para empresas interessadas em aumentar as vendas de produtos e serviços usando todo o poder da internet.  

Buscando resultados?

Também oferecemos Consultoria de Inbound Marketing, Mentoria para Startups, Assessoria de Marketing Digital e Cursos In Company.

Melhore ainda mais esse conteúdo. Deixe uma contribuição.

    • Maikon Richardson
    • 1 de janeiro de 2018
    Responder

    Visitor Rating: 5 Stars

  1. Pingback: Glossário de Marketing Digital para empresas • Maikon.biz

  2. Pingback: Macapá recebe encontro de Marketing Digital 2016 -

  3. Pingback: Marketing Digital é a nova moeda no mercado de comunicação do Amapá -

    • Criseida
    • 28 de março de 2018
    Responder

    Achei interessante, pois possibilitou-me ter uma idéia de como funciona o Marketing Digital, para aplicá-lo em minha futura empresa. Obrigada!

    • Responder

      Fico feliz que esse artigo tenha ajudado você a conhecer mais sobre esse universo. Trabalhamos forte para produzir conteúdo que realmente possa ajudar as empresas a aumentarem as vendas e a gerarem resultados. Abraço.

  4. Pingback: Consultoria em Inbound Marketing: agências de publicidade

Baixe Grátis Marketing Digital - Para iniciantes   
%d blogueiros gostam disto: